O diretor de fotografia Roger Deakings, que trabalhou em filmes como Um Sonho de Liberdade e Onde os Fracos Não tem Vez, disse certa vez: “É fácil fazer uma paleta de cores que seja esteticamente agradável, mas difícil fazer com que ela preste um serviço à história”. De fato, as cores são uma linguagem à parte nos filmes. Quando bem trabalhadas, elas podem oferecer uma experiência única ao espectador. Porém, este é um detalhe que passa despercebido pela maioria das pessoas e o trabalho de um bom diretor de fotografia é exatamente esse, quanto mais transparente essas informações para quem assiste, mais bem sucedido é o trabalho.

O Titânico, depois de assistir It: A Coisa, separou três imagens para avaliar a paleta de cores utilizadas pelo diretor de fotografia Chung-hoon Chung (Old Boy, 2003). É interessante observar que os tons mais recorrentes são os da cor roxa. Esta tonalidade fria, é apropriada para situações de sofrimento e tristeza. Essa cor é usada por exemplo na religião católica durante o período de quaresma ou em missas pelos mortos. Para os católicos, o roxo tem o significado de melancolia e penitência.

Caso você se interesse, estão aí as imagens e suas paletas de cores: